domingo, 4 de janeiro de 2015

Eletros são a liberdade que precisamos?


Todo fim de ano aqui em casa é osso, mais gente em casa, crianças de férias, enteada vem de Minas, sobrinhos, amigos...é uma farra, mas dá um verdadeiro trabalho, ainda mais quando a empregada some e não dá notícias!
Eu comecei a ter empregada quando comecei a morar com Rodrigo...antes, fazia tudo e dava conta...virava e mexia era elogiada por manter uma casa de bonecas.
Quando vim morar nessa casa em Itaipu, já estava com faxineira 2 vezes por semana e aqui tiveram que ser 3 vezes na semana, até passar para todo dia...
Tivemos pessoas por muitos anos nos auxiliando nas atividades domésticas, o que dá uma grande força e nos faz ter mais tempo para trabalhar, curtir a casa, sair e tal...mas a verdade é que no fim de semana, o caos já se estabelecia.
Sempre falo que empregada vem para limpar, lavar e passar roupa, deixar uma comida básica pronta, mas que os pertences de cada um e as sujeirinhas do dia a dia, tem que ser administradas por cada um ou a casa vai estar sempre uma zona...se a empregada for catar tudo e limpar todos os farelos de lanchinho, recolher todos os copos ao lado da cama...não sobra tempo para faxina mais pesada e detalhada.
Tirando isso, somos colecionadores, quase acumuladores, e nossa casa é usada de verdade...então, dá trabalho...sem contar a quantidade de roupa...
Com a máquina quebrada em dezembro, visitas para o natal, trabalho acadêmico para entregar e o sumiço da empregada, ganhei estresse e uma baita dor de coluna.
Ontem, eu e Rodrigo fizemos uma grande faxina na casa e estamos mostrando à casa quem é que manda e não vamos ter empregada...vamos cuidar das nossas coisas, assumir as redeas e quem sabe até economizar.
Sempre ouço falar que os Europeus não tem empregada (é muito caro por lá) e tem bons equipamentos domésticos (lava e seca de roupas, lava-louças, etc etc etc).
Parece que no Brasil essa realidade está chegando. Hoje, as empregadas não veem vantagem em ter emprego fíxo, querem ganhar diárias e serem donas do tempo delas. Nada contra...só acho que o que é combinado não sai caro e deixar portas abertas e ter boas recomendações é algo interessante.
Muito chateada com a falta de respeito, falta de notícias...
E sonhando com a lava-louças, minha nova máquina lava-jato e rezando para a lavadora de roupas chegar.
E criando uma rotina para que todos possam colaborar e curtir sem o mega sacrifício de um só, ou de mim somente...tô muito cansada mesmo e com muitas dores e vou precisar adotar uma rotina bem disciplinada para dar conta do trabalho doméstico todo (já cuido da arrumação, comida, decoração, etc...agora vou acumular com limpeza...quem sabe consigo uma faxineira ou Luiz vem fazer a faxina pesada, aliás, não sou boa em limpar vidros, preciso aprender).
Não quero ser a megera do lar, mas preciso de casa arrumada e organizada para respirar e pensar e penso e escrevo de casa, portanto...mega desafio já para o ano que acabou de começar...
E fiquei pensando em quando não tinha máquina de lavar roupa. Minha avó me colocou para lavar minhas roupas a partir dos 13 anos. Sempre faxinei, encerei, passei e sei fazer de tudo em casa e faço bem feito.
As mulheres não precisavam tanto de academia com essa rotina pesada em casa...então, estou vendo tudo que estou passando (sem as máquinas) como uma forma de mexer o corpo e quem sabe emagrecer, né?
Tento tirar algo positivo de toda experiência...sei que nada dura pra sempre e sou a dona da casa, faço com amor, faço do meu jeito e estou acreditando que vai ser melhor para nós!
Que as máquinas funcionem em 2015 para termos mais liberdade...enquanto a máquina bate a roupa dá pra fazer tanta coisa, mas enquanto lavo no tanque...o tempo passa tão rápido...

Feliz 2015!!!

Um comentário:

  1. Amiga não fique assim, não.
    Faça como eu, nada de empregadas. Se dá para fazer faça, se não dá deixa para lá. A vida é muito curta para pensar na louça suja.
    Melhoras!
    Ah! estou de férias e por aqui. Vamos marcar algo?
    Viu, pelo insta que seus sousplasts estão prontos?
    Beijos e um feliz 2015.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário que prometo responder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...