terça-feira, 30 de dezembro de 2014

E o ano acabou... e o sentimento é...

O ano acabou e hoje me veio um nó na garganta...será que essa angústia é pelos feitos não realizados, pelo cansaço ou o quê? Saudade de entes queridos que já se foram, de pessoas queridas que não consigo encontrar e matar a saudade e o tempo?

Todo fim de ano, parace que entro em uma prova de fogo...empregada some, máquina de lavar quebra e ar do meu quarto quebra também, além de pressão por trabalho com prazo apertado...

Essa coisa de olhar para o ano e tudo que fizemos tem um lado bom, quando entramos na vibe da renovação, de que no próximo ano vai ser mais fácil ou melhor, mas quando nos damos conta de que muitas expectativas não foram alcançadas, acho que bate uma deprê, não acha?

Vira e mexe Rodrigo me taxa de uma pessoa reclamona, mal humorada e desorganizada e esse feedback é super importante, mas é trash de ouvir...ainda mais se vier em uma briga...e sempre que tem essas festas ou temos tempo para estarmos juntos, rolam coisas assim...

Eu acho muito injusta a relação que nós mulheres temos com a vida, com a casa, com os filhos e sei que os homens, principalmente o Rodrigo batalham muito e tem visão diferente...mas, que somos sobrecarregadas e nos cobramos e culpamos pra caramba, não resta dúvida.

O bacana nessas críticas é que já vieram com auto crítica, pois tenho me avaliado e feito um movimento de aparar as arestas e resolver meus sabotadores pessoais para fazer mais com menos...acho que essa é minha meta para 2015. Mais resultado positivo, com menos esforço, menos tempo e menos dinheiro...isso é coisa para gente organizada, com foco e sem distrações ou sabotadores, segundo o Shiniashiki (acho que é assim que escreve).

Eu sei onde meu calo aperta, os tratos que fiz comigo, as situações nas quais me coloquei e assumo as responsabilidades e graças a Deus, tenho auto crítica...

Uma delas é administrar melhor o tempo, saber dizer não e não me importar com quem não gosta de mim, investir em minha auto estima e me valorizar mais...ter mais tempo para me cuidar, investir em hobbies e passar mais tempo com as pessoas que amo, incluindo o Rodrigo e o Miguel...

São 22:58 e estou no computador trabalhando, depois de ter arrumado a casa que estava um caos, devido ao que mencionei no início do post, lavei roupa pesada na mão, fiz aula de Zumba, fiz unha (Graças a Deus uma manicure ótima tem vindo aqui em casa), cuidei do Miguel, tive ajuda do Rodrigo para o almoço e com o Miguel e ainda assim o tempo não foi suficiente para fazer tudo que eu precisava, incluindo entregar um trabalho acadêmico super importante...queria estar curtindo com eles e entrar na vibe de celebrar o fim do ano...mas, tô na pilha, com a sensação de quem está atrasada, de quem o serviço não rede e exausta, com dor nas costas, no quadril, nos pés, tamanho sacrifício que tenho feito em casa.

Tolerância, colaboração e gestão são palavras mantras pra mim em 2015, além de disciplina...

Quero o simples, o prático, o ócio criativo, meu tempo pra mim e vou conseguir!

Feliz ano novo para vocês e que realizem os sonhos, lidem com seus medos, seus defeitos e busquem assumir, mudar e melhorar...

Tem horas que queremos colo e elogio, além de reconhecimento, mas não fazem parte do pacote, na maioria das vezes, então conectar-se consigo, encarar as mazelas e fazer diferente, realizar e se recompensar é o que temos que fazer!!!!

Feliz 2015!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário que prometo responder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...