terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O Fluminense - Caderno Empregos & Negócios

Oi Pessoal,

Fiquei muito feliz com a oportunidade de participar de matéria do Jornal O Fluminense - Caderno Empregos & Negócios contando um pouco sobre a minha experiência como professora de inglês.
A matéria surgiu da divulgação que tenho feito com posts frequentes no Facebook, graças ao Three Little Birds e a dica da Kiki em usar o Networked Blogs, que facilita a vida, publicando automaticamente os posts no Facebook e no Twitter.
Isso faz pensar como ter acesso a internet e as ferramentas certas, pode ser bacana para quem quer trabalhar de casa ganhar visibilidade, né?
Agradeço a Prisca Fontes a oportunidade e compartilho a matéria aqui com vocês.
Espero que vocês gostem!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Life edited. Você pode ser uma versão muito melhor de si mesmo, só que editada...

Menos é mais. Mesmo! Cada vez mais tenho vivido isso. Eu desde criança sempre acumulei tudo que ganhava, cartinhas, cartões, agendas, livros, trabalhos de escola, brinquedos...mesmo que não mexesse, ou organizasse as coleções e há alguns anos venho me movimentando para guardar o que vou de fato usar e principalmente, o que cabe no espaço que disponho. Manter uma grande estrutura, dá trabalho e é caro. Além disso, nem se tem tempo para usufruir de tudo. Então, cada vez mais, a gente ouve falar de que menos é mais e em clima de despedida do ano, vale deixar para trás, jogar fora:

Roupas que você não usou o ano todo e não são especiais (para ocasiões especiais, por exemplo)
Livros que não te interessam mais
Discos/CDs, que não ouve mais
Formas, panelas e coisas de cozinha que não usou por anos
Falsos amigos
Arquivos de computador
Fotos
Brinquedos dos filhos
Temperos e coisas da geladeira sem uso e fora da validade
Remédios

E fazer uam verdadeira limpa e abrir espaço para o novo.

O jogar fora, pode ser simplesmente fazer circular, dar de presente para alguém, doar, vender, ou descartar mesmo...já faz uma grande diferença.

Eu, tento a cada semana não acumular, renovar, tirar coisas quebradas que não vou consertar, etc etc.

E agora, estou numa grande faxina de fim de ano.

Tirei tudo do SPA que não vou usar mais. Tento vender uma maca e vou dar de presente para uma terapeuta da época, o kit de bambuterapia e com isso, o espaço debaixo da minha escada da sala, agradece.

Consegui finalmente ENTRAR no espaço que vai funcionar como home office e atelier e a sensação é ótima!

Percebo que mesmo a cada semana tentando arrumar armários (guardar a roupa para passar é uma ótima maneira de fazer um check up nos armários e tirar peças encardidas, manchadas, pequenas...e abrir espaço e manter a ordem), mesmo assim, tem lugares que a gente não tem tempo de ir na arrumação...

Hoje, tirei os brinquedos do baú do Miguel para lavar e arrumar...e assim vou indo...ainda falta muita coisa para descartar entre papéis e claro, quando tiver um lugar certo para guardar as coisas, com minha estante de caixotes, os armários da área de serviço e o escritório atelier montado...vou me policiar para manter ali o que couber e sempre fazer o ar fluir...

Então? Como é essa história por aí?

Qual não foi minha surpresa, quando li na revista vida simples que:

"Reduzir o que se tem pode transformar seu jeito de ser".

Fiquei a fim de ver o filme "Amor sem escalas". O personagem de George Clooney reduz sua vida a uma mochila. Exagerado? Sim, mas dá pra gente pensar...

O americano Graham Hill, fundador do site TreeHugger, com o projeto Life Edited, resolveu ser menos espaçoso e mudou-se para um lugar menor, digitalizou suas coleções, e nos faz pensar que nos últimos 50 anos as famílias reduziram e os espaços, as casas aumentaram de tamanho...não é incoerente?

"Você pode se tornar uma versão muito melhor de si mesmo, com cortes, é claro

Lembro que eu falava muito com o Fofo: Vamos para uma kitinet, afinal, cama e TV cabem ali, porque casa é legal, mas a gente acumula mais coisas e não curte a casa e dá um trabalhão! Fico feliz ao ver que tem gente que pensa assim também.

Portanto, repense se você ocupa e precisa de verdade do espaço em que vive. Eu ocupo e sempre edito! rs

Decoração de natal etc.

Oi, tudo bem? Tô angustiada, não sei se você está assim. Por que? Porque são muitos planos, vontade de realizar muitas coisas e tempo e recurso andam escassos por aqui. O jeito vai ser lidar com o que for possível e ficar feliz.Planejar com afinco. Tempo e dinheiro não esticam!
Eu gostaria de já ter terminado meus presentes de natal (também nem sei quem vou conseguir ver nesta temporada e não vou poder mandar os mimos pelo correio - falta de verba, o que me deixa triste). Além disso, não terminei ainda meu atelier/escritório e falta verba para o material e contato com o pedreiro...enfim...
Fora, que não sei quem vem, Fofo tá com cara de poucos amigos. Saúde não tem sido o forte da família e há situações dellicadas, sem contar que sempre chove no natal, o que me dá vontade de alugar uma tenda e um mesão. Mesmo que seja só a gente, que seja gostoso...inesquecível...
Eu fico aflita, mas também esperançosa e faço o meu melhor para dar tempo de fazer tudo, mas rola um stress, sabe?
Tem trabalhos extras, trabalho voluntário, o treino para a costura ficar bacana e começar a Maria Kisa em 2012 com tudo!
Papai do Céu! Dai-me tempo, recursos, pleeeeeeeeeeeeease! Tô ficando bem cansada e gostaria de ver o esforço em resultados e resover todas as pendências!
Enquanto isso, fica uma dica para você que tem tempo e grana pra fazer essa guirlanda fofa!
Eu vejo flores em você!
PAP aqui.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Meus presentes de natal - feitos por mim!

Quem me acompanha sempre, sabe que estou aprendendo a costurar com a Kiki, para montarmos a nossa marca, a Maria Kisa. Empreendedorismo feminino, saca?
Por isso tem tido muita coisa de costura e da Maria Kisa por aqui.
Não é fácil ser mãe em tempo integral e ainda aprender algo novo, que toma tempo, mas o desafio vale a pena, porque é muito gostoso criar as peças.
Parte do meu aprendizado tem sido criar peças em conjunto com minha amiga, parceira e mestra, como o avental do post abaixo e também peças criadas por mim (um luxo) poder me ver as voltas com aviamentos, máquina de costura e tal...tenho descoberto que nasci para isso! E quando ganho elogios de quem entende, como a Kiki e a dona do armarinho, me derreto toda.
Essas criações foram com as calças que a minha amiga e personal Aline me deu de presente.
Esses tem donas. Tia Vera e Fernanda Dutra. Minhas petit mais lindas!
Uma, cozinha impecavelmente e fez muita roupa para mim, quando eu era pequena.
A outra, minha amiga irmã, desde os tempos de escoteirinhas, uma designer, jardineira e crafter de alma. Como você confere no blog dela aqui.
Beijocas,


segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Quer ganhar esse avental fofo?

Inspiradas pelas crafters de plantão, Kiki bolou aventais com bolsos. Esse tem três, e tem uma argola e uma alça também...dá para carregar tesoura, fita, peças, ou os smartphones...enquanto você cuida do jardim, ou cria suas artes ou cozinha...enfim...vai lá!
A pesquisa é para nos ajudar a montar nossa coleção de 2012 pensando no que você gosta!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Dourado e os simbolismos de natal

Eu amo dourado, especialmente no natal e na decoração das casas nessa época do ano.
Eu amo simbolismos também, quem me conhece, sabe muito bem!
Por isso, adorei o que aprendi na edição deste mês da Revista Bons Fluidos e compartilho aqui com vocês:
"A magia do natal não se esgota. A cada fim de ano, voltamos a ver o mundo com os olhos de criança. Tudo encantamento. É assim desde os tempos longínquos, quando, cantando e dançando em torno da fogueira, comunidades renovavam os laços afetivos e reabasteciam as esperanças, com o consentimento das forças invisíveis.
Os povos pagãos acreditavam que os enfeites natalinos atraiam para dentro de casa os espíritos da floresta e as fadas. Assim, seus habitantes estavam protegidos contra todo tipo de infortúnio, diz Patricia Douat Garcia, analista de cores de São Paulo.
A onipresença do dourado nessa época festiva diz muito sobre a necessidade humana de iluminar suas pegadas sobre a terra. Velas e adornos cor de ouro reafirmam o desejo de que nossa luz interior possa brilhar no ano que vai nascer, abrindo os caminhos, trazendo bem-aventurança.
Esse tom aumenta a energia e a motivação, reforça o discernimento e a capacidade de decisão, destaca Patricia.
O dourado também simboliza riqueza . Por isso, há milênios, ele faz reluzir coroas, tronos e mantos..."

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Roberta Sá - Interessa



Salve o samba e todos os seus artistas. Esse DVD da Roberta Sá é uma ótima oportunidade para curtir um samba cheio de feminilidade. Figurino muitos vestidos em um, da Isabela Capeto e muita docilidade...muito legal mesmo!
Dedico ao meu amor, o Fofo, quem me deu esse DVD e aprecia minhas "brasilidades" da alma.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

M maiúsculo de Mulherão - Modelo Plus Size

Quem me acompanha sabe que minha prima, a Flavia Rebello concorreu a Miss Plus Size, certo? O bacana, é que essa participação despontou para um trabalho como modelo Plus Size e nesse ensaio, a idéia era brincar com produções sensuais e assim as meninas fizeram os seus books.
Para quem não tá ligado, modelo Plus Size traz para o universo da moda um padrão onde as mulheres não vivem a ditadura da magreza, da anorexia e pode passar um exemplo muito grande para mulheres que não entram em um jeans 36 ou 38 desde a adolescência, como eu. Minha prima sempre foi ligada em estilo, moda, ela sonha em criar suas próprias peças e no momento atua em empresa documental e estuda biblioteconomia com plena dedicação...achei muito legal ela poder explorar esse lado feminino.
Me lembro de quando eu investia e me produzia bastante e deu até saudade...dá-lhe Flavia.

Essa foto da Flavia foi para um editorial do blog Mulherão. Achei muito legal a idéia do blog e vou seguir. Veja o post e a matéria completa aqui.

Beijos meninas!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Você quer ver essas dicas para comprar e preparar peixes?

Eu amo peixes, frutos do mar, ando com vontade de comer ostras, tomar prosseco...hum, cara do verão. Temos tentado comer mais peixe aqui em casa, voltando ao assunto e achei muito legal essas dicas que a Revista Vida Simples disponibiliza. Ajudando desde a entender como comprar, até temparar e preparar o peixe...sem mistérios. Se fizer por aí ou tiver dicas, mande pra gente foto, comentários, ok?
Uma ótima semana! Veja as dicas aqui.

sábado, 26 de novembro de 2011

Avental utilitário

Eu ganhei da minha amiga Kiki esse avental fofo e para "garotas que fazem". São três bolsos, essa parte da frente e tem lugar para pendurar chave, pendurar tesoura ou ferramenta, quando você estiver em ação nos seus crafts ou "duties", por que quem diz que "garotas que fazem", param?

Adorei a mistura de estampas e o reaproveitamento do jeans de uma calça, que agora virou esse fofo avental.

Tem o PAP ou HOW TO, como a Kiki gosta de chamar, aqui. Adorei o nome que minha amiga Kiki deu pára o avental: craft apron (aprendi com ela como se diz avental, sabia?).

Vamos sortear um que fizemos juntas ontem, em mais um workshop para nossa marca Maria Kisa.

Fique ligada, o sorteio será disparado dia 01 de dezembro, quinta-feira!

Beijocas,

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Eita treinamento bom!





Quando olho as fofurices que ando fazendo durante o meu treinamento em costura, com a minha adorada amiga Kiki, para a nossa marca, a Maria Kisa, até suspiro!
Já sei fazer o kit avental com pegador de panelas...esse da foto, sem viés, fiz pra mim, pois tinha acabado o vés e não queria deixar de fazer o dever de casa...só quando faço, fixo e a Kiki é bem clara: ela faz 1 e eu faço o outro...ela faz 1 vez...adorei aprender a fazer o matelassê livre.

Nunca mais queimei a mão pegando panelas e assadeiras.
Kiki já cortou os aventais, me deu um rolo de viés, então esse fim de semana vou atacar a lista de natal: avental + pegador de panela.
Será que a mulherada da família e minhas amigas vão gostar?
Um passarinho me contou que minha irmã NÃO QUER USAR O DELA PARA NÃO SUJAR...tem graça?????? Pode isso?

Fazem bem uma amiga minha e uma tia minha também que usam avental branco, fino e com babados e não sujam, mas em clima vintage, fazem bonito na cozinha, afinal, cozinhar para o natal é exaustivo, mas não precisa ficar descabelada e feia, né? Dá um tapa no visual e anime quem vir você usando essas fofurices na cozinha, vai...já sei, quero foto de todas usando os mimos para eu ficar feliz, topam?

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Par de joguinho americano - presente de natal do casal fofo, Flavia e Thompson

Os aventais no post de baixo foram para a Kiki e para a minha maninha, a Fernanda. Entreguei o par da Nana e do Marcelo e esse aqui foi feito para a Flavia e o Thompson. Cada quadradinho ou retalho foi escolhido pensando nas características deles. Não ficou lindo?
Meu treinamento com a Kiki para a marca que estamos criando, a Maria Kisa, está rendendo as lembrancinhas de natal para a família e amigos. Ela não é demais, essam inha mestra?
Sabe o que é mais legal nesse tipo de trabalho? Exclusividade. Esses aí, só a Flavia e o Thompson vão ter! Bem como os aventais e o jogo da Nana (que fiz igual para mim, temos essa mania de ter coisas iguais desde a adolescência, uma forma de nos sentirmos conectadas...rs) e ninguém mais vai ter igual!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Os primeiros aventais feitos por mim...


Para quem ainda não viu, o projeto da Kiki, a inventadeira de moda da marca que estamos criando, a Maria Kisa. Avental fofo e "verde". Por que verde, se você está vendo detalhes em amarelo e em rosa? Por que esse avental reaproveita calças jeans, que não seriam mais usadas. Legal, né?
O bacana desse avental é que ele é acinturadinho e então, parece que você está de vestidinho. Com esse projeto, estou aprendendo a casear e levei um puxão de orelha para ler o manual da máquina de costura, a fim de não subutilizá-la, certo?
Então, em ritmo de fim de ano e continuando a abrir o espaço em casa para home office e atelier...estou tirando o que não usaremos mais, limpando, organizando, decorando para o natal aos poucos e como a verba ficou escassa, mudança de estratégia...organizar para criar espaço para pintar as paredes que levarão estantes de caixotes e bancadas (sim, ainda em produção) e depois, pintar os caixotes e finalmente pendurar. Meta: para até meados de dezembro...vamos ver! Enquanto isso, preciso comprar tecidinhos e aviamentos para terminar minha lista de presente de natal. Ontem, ganhei um rolo de viés da Kiki. Valeu amiga!
Quem quiser ver um igual, veja o PAP da Kiki aqui.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Porta lousa

Uma das melhores coisas que fiz aqui em casa, foi tornar a porta da cozinha uma lousa. Miguel curte desenhar enquanto cozinho ou lavo louça, deixo recadinhos e ganhei mil elogios de quem veio nos visitar. Compramos uma tinta para piso de quadra, é bem mais barato que a tinta lousa e o resultado traz alegria. Cor na cozinha!


Eu adoro bolo. Adorei as dicas para um bolo nota 10!

Eu amo bolo, desde menina e aqui em casa, costuma ter bolo toda semana. Adoro alegrar alguém com um pedaço de bolo e café, ou chá, ou suco...meus alunos sempre recebem uma fatia também...sou apaixonada agora por bolos com algum legume ou fruta, para ele ter jeito de caseiro e também agregarvalor a nutrição do dia a dia (cenoura, milho, laranja são os meus favoritos.
Adorei a matéria sobre bolo e o que ele representa na Vida Simples e essas dicas maravilhosas para um bolo nota 10...e você? Gosta de bolo? Qual seu sabor favorito? Alguma dica para um bolo nota 10?

Á|rvore de natal

Preciso comprar uma árvore de Natal, mas desde que vi a do natal do grupo sendo feita pela Kiki, quando eu era guia escoteira, tenho vontade de fazer uma...já até me arrisquei...
Olha essas que o blog TPM separou. Amei essa de garrafas e uma de papelão com pirulitos.
Você já montou sua árvore?

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Um olhar inusitado e cuidadoso sobre um lugar comum, pode te render sensação de viagem...








 Você já viu o Campo de São Bento desse ângulo?
 E desse?
 Lindo!
 Olha o pássaro, que lindo!
Quase da cor da pedra, né?




















Quando eu era adolescente, comprava a revista Capricho e numa dessas edições, saiu uma matéria falando sobre ter um olhar de turista na sua cidade e aproveitá-la, quando não se pode viajar...a cidade fica mais vazia e você está fora da sua rotina e tem tempo de curti-la...isso nunca me saiu da cabeça. Sempre gostei de viajar, mas acabo priorizando outras coisas e então como recebo muita gente em casa, acabei tendo o olhar treinado a ver os pontos bons da minha cidade.
Pelas escolhas que fazemos, não dá para ter tudo. Isso foi o que mais aprendi com meu casamento até agora e aceito as escolhas e consequências sem fazer drama.
Nesse dia de calor, foi um barato ir para o Campo de São Bento, que com as apresentações do evento sobre latinidade estava com um "Q" de Central Park...
O legal é ir lá com Digo e Miguel e lembrar das vezes em que estive lá com amigos, quando era escoteira, quando morei perto e levava minha irmã. Foi lá que fiz o ensaio dela de 15 anos...enfim...fico sempre emocionada...
Miguel adorou e dessa vez, pôde andar, correr, interagir com patos e afins...foi uma delícia. Ele só tinha ido bem bebezinho e de colo...
Aproveitamos para encontrar amigos e ver a vovó do Miguel...
Delícia de dia, que venham mais dias assim.
Falando em aproveitar a cidade, amanhã é aniversário de Niterói e desejo de verdade que ela seja bem administrada, cuidada e habitada por cidadãos de bem. Sorria Niterói!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Tarde no parque do shopping!

 Olha quem já dirige até caminhão!
 Amigaaaaaaa! Saudades já!
 Amigos fofos!
 A gente não andou em nenhum brinquedo, mas tirou foto! rs
 Pescaria do Miguel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...