sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Amor de irmãs


Lembro que minha mãe falava que a Fê era a única irmã que eu tinha e que tínhamos uma a outra e que isso era muito bom, que irmão era algo maravilhoso. Ela amava os irmãos dela e veio de família grande. Eu chorei tanto quando Fernanda nasceu e pensavam que era ciúme, mas era emoção de me sentir conectada a alguém no universo. E essa força é muito grande mesmo. Eu achava que fosse demorar a ter sobrinhos e os irmãos da minha mãe (meus tios) sempre nos cobriram de amor e eu desejei muito ser tia, mais do que mãe até em algum momento, porque era uma referência muito forte pra mim, até que a vida tem tanta surpresas, que Fê, 10 anos mais nova do que eu, já me deu um sobrinho a 5 anos atrás e eu agora vou dar um sobrinho a ela (a vida é assim mesmo) e essa aventura é deliciosa. Fê tem sido muito amorosa e tem me apoiado muito nessa fase. Te amo irmã e admiro sua força e a super mãe que você é!
Posted by Picasa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário que prometo responder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...