segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Doce de banana



Minha avó Irene fazia cada doce em calda, que eu ficava boba. Lembro e dá água na boca ao lembrar do doce de abóbora, doce de laranja da terra...então, um dia, Rodrigo pediu à Nina que fizesse doce de banana para não perder as bananas e me toquei...cara, não precisamos deixar as coisas estragarem, posso simplesmente fazer doces, geléias, etc. Nesse espírito, ao arrumar as coisas ao voltarmos do sítio do pai do Rodrigo, vi que trouxe abacate e banana. A banana figo estava muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito madura e o Rodrigo disse...vai estragar! Eu falei: não vai não, vou fazer doce! Ele disse...então faça hoje, ou vai estragar. Eu não tinha receita e nunca tinha feito, mas fui lá e cortei as bananas em rodelas, joguei açucar na panela de pedra sabão, virou uma calda e joguei as bananas. Pensei que fosse derreter tudo e ficar esquisito, tinha pouca calda, então joguei mais açucar (veio na hora a imagem da minha avó fazendo doce e assim eu sabia que dava pra fazer mais calda, mesmo com as bananas lá) e fui adiconando açucar e banana aos poucos e mexendo. Depois joguei canela, misturei mais um pouco no fogo e depois cravinhos. Ficou D-E-L-I-C-I-O-S-O. Senti falta de vidros de maionese para colocar os doces lá e fazer tampinhas enfeitadas com tecido...vou juntar os vidros e passar a fazer doces e geléias...amei! Agora é dar de presente e aproveitar também em casa, na hora que bate aquela vontade de comer um docinho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário que prometo responder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...