quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Recesso

Essa semana tem cara de recesso, muita gente vai parar dia 19 e voltar só no dia 05, inclusive eu! Mas sempre antenada com o trabalho e o mestrado, afinal as tecnologias e a internet estão aí pra isso. De qualquer forma é bom saber que vou ver familiares, amigos e ter aquele clima no ar de gentileza, de vamos fazer tudo ficar melhor ano que vem, de retomada de fôlego. Apesar do agito, do desespero das pessoas que não se organizaram com calma, por falta de oportunidade ou por não achar importante se antecipar tanto, mas que de qualquer jeito causam um burburinho peculiar desta época do ano. Estou com vontade de fazer dreads, ou trancinhas até a cintura, de ir à praia, de namorar mais para poder "fazer" o bebê, que vem em 2009 com certeza, de ler coisas que quero ler, ouvir músicas, testar o livro de receitas e abrir meu curso de inglês, se Deus quiser! Esse ano foi um ano de mudanças, me lembro que a primeira vez que planejei tanto, tive a certeza de que há algo maior que nos rege e sofri perda de entes queridos, inclusive minha mãe, repentinamente, perdi um amor, minha amiga foi morar em outro estado e foi um caos interno tão grande que corri para terapia, para religião e juntei meus pedaços e entendi que a vida não depende só de mim, não sou uma diretora de novela falando "corta!", a gente tem que viver e não ter a vergonha de ser feliz, viver e saber que a vida é boa e um presente e somos privilegiados, apesar de tudo, pois não há guerra, não há alagamentos desastrosos ao nosso redor mais perto do nosso umbigo e isso tem que nos tocar porque afinal temos que ser felizes, parar de reclamar e abraçar a vida e ser solidário e comemorar, sem criar caso, né? Então, esse ano tive uma sensação assim, de que não sou a diretora, não posso mandar cortar, e sim a empresa para quem trabalho, manda e pode cortar os gastos que quiser e tocar na minha equipe e me deixar ainda mais sozinha enfrentando os desafios, sem estrutura, sem perdão...e isso me deixou muito triste. Anos de trabalho e dedicação e cortes profundos, mas fecha-se porta aqui, abre-se porta ali e lágrimas fazem parte e não deixam a gente enfartar...então eu choro e fico quieta e sinto dor, mas sei que vou sair dessa mais forte do que cheguei, com mais experiência e quem sabe consigo dar um horizonte para minha equipe, em uma empresa bacana, preocupada com seus funcionários, rentável e de sucesso? Pois é esse meu presente de natal, meu desejo pleno e conto com a vibração de cada um! Esse post é quase uma despedida do ano, mas se me conheço bem, sei que vou ter mais momentos de reflexão assim e vou escrevendo, preciso colocar pra fora. E você? Tem pensado na vida? Neste ciclo que se renova agora?
Pensou nas áreas boas e nas áreas que deixam desconforto, que são sinais de mudança? Escreve aqui, deixa seu comentário, não me deixe só...eu tenho medo do escuro! Então, gente, a correria tá aí, mas a gente pode se conectar. Como andam os preparativos de um ano melhor por aí? Em seu coração? Em sua casa? Quero saber e já desejar que você seja cada vez mais feliz!!!!!!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário que prometo responder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...